Blog

Se alguém quer comprar a sua empresa, deve dizer primeiro quanto está disposto a pagar!

Em uma negociação de venda da sua empresa, é fundamental que você escute primeiro a proposta do potencial comprador.

Em uma negociação de venda da sua empresa, é fundamental que você escute primeiro a proposta do potencial comprador.

Quando o interessado mostra quanto está disposto a investir para fechar o negócio, esse valor se torna automaticamente o ponto de partida para a negociação, o mínimo para o fechamento do negócio.

Caberá aos seus assessores financeiros defender que a sua empresa vale mais do que está sendo proposto pelo comprador ou aceitar este valor se ele for realmente justo e compatível com as suas expectativas – pela nossa experiência, raros são os casos em que o comprador já apresenta de início um valor que esteja próximo ao seu limite, sem qualquer margem de negociação.

Imaginando que fosse você o primeiro a apresentar o número, o valor proposto por você a partir da avaliação (valuation) da sua empresa se tornaria a referência para a negociação, só que, neste caso, seria o teto, o valor máximo que muito provavelmente seria questionado e reduzido pelo comprador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pedro Lanza

Head Jurídico da J2L desde 2016

Experiência como advogado tributarista de escritórios de advocacia de renome nacional, como Machado Associados e Sacha Calmon Mizabel Derzi Consultores e Advogados;

Graduado em Direito pela Faculdade de Direito Milton Campos – MG e Pós Graduado em Direito Tributário pela GVLaw – SP;

Possui MBA em finanças pelo IBMEC

Andre Bularmaqui

Head de Estruturação e
Análise da J2L Partners desde 2020.

Mais de 15 anos de experiência nas áreas de estratégia e finanças em empresas como Vale, Accenture e Brookfield; 

Atua na avaliação e reestruturação financeira de empresas, na captação de recursos e na elaboração de planos de negócios;

Foi Superintendente de Planejamento Financeiro (FP&A) da Brookfield Incorporações e Sócio da AVIV Investimentos;

Graduado em Engenharia Eletrônica e de Computação pela UFRJ – RJ e com Mestrado em Engenharia de Produção com ênfase em Estratégia Empresarial pela COPPE/UFRJ – RJ

Lúcio Otávio

Membro do Conselho de Administração ,
CEO e fundador da J2L Partners.

Mais de 30 anos de experiência em posições executivas

Trabalhou durante 14 anos no Grupo Andrade Gutierrez, sendo Diretor de Investimentos sua última posição

Foi membro do Conselho de Administração da Oi S.A. e da Santo Antônio Energia

Foi responsável pela estruturação de projetos como Hidrelétrica de Santo Antônio e Aeroporto de Quito – sendo esse último eleito pela revista Project Finance o Latin American Transport Deal of the Year no ano de 2006

Gestor de investimentos credenciado pela CVMGraduado em Administração pela FUMEC – MG e MBA em Finanças pelo IBMEC.

Líbano Barroso

Membro do Conselho de Administração e
fundador da J2L Partners, e CEO da Rodobens

Mais de 30 anos de experiência em posições executivas

Posições nos últimos 15 anos: Membro do conselho de Administração da Via Varejo, Estácio, Ri Happy e Intermédica. CEO da Via Varejo, Vice Presidência do Grupo Pão de Açúcar, CEO da TAM, CFO da LATAM Airlines, CEO da Multiplus e CFO da CCR

Responsável pela idealização e estruturação da Multiplus e da CCR (incluindo sua Oferta Pública Inicial), e pela fusão LAN/TAM

Graduado em Economia pela UFMG – MG, MBA em finanças pelo IBMEC e Pós-graduado em Direito Empresarial pela FGV.

João Lanza

Membro do Conselho de Administração e fundador da J2L Partners,
e Diretor-fundador da Mundinvest CTVM.

Mais de 40 anos de experiência no mercado de capitais

Posições nos últimos 15 anos: Membro do Conselho da BOVESPA, Membro do Conselho da BSM – BM&F BOVESPA (supervisão de mercados) e Presidente da APIMEC-MG

Gestor de investimentos credenciado pela CVM, responsável por administrar carteiras de clubes de investimento na Mundivest.

Graduado em Administração pela FUMEC – MG.